A vida de uma menina mulher contada de uma outra forma...

29
Jul 08

Menina Mulher
De olhos brilhantes, que crê no futuro e agarra o instante
Que pensa no pouco e que sonha em grande
De onde vens tu cavaleiro andante?
Que espelha no rosto todo o entusiasmo
Que teme no fundo um grande fiasco!
Menina mulher que vibras sempre
Perdeste tu o brilho de forma angustiante?
Ou serás apenas um pouco prepotente?
Pequena Rebelde
Menina marota
Mulher vivida de forma inconstante
Que tudo aprendeu sem ninguém ao volante
Sozinha na vida, livre és feliz
a Liberdade é a tua Luz
Que dá o que tem e não olha a meios
De fazer feliz todos os que a rodeiam
rebelde e desligada assim és tu
Que tão docemente nos seduz
Menina Mulher de lábios sedosos
anda, vem comigo
sentes os meus braços poderosos
És endiabrada...
esta menina doce que de prepotente não tem nada!




Menina Mulher
Que cresceste sozinha
Aprendeste cedo que és a tua melhor companhia
Que tanto trabalhas para teres o teu Pão
Que vives alegre sem teres um tostão
Menina modesta de profundos sentimentos
Apareces sempre trazendo sentidos
Menina mulher que és endiabrada
Que brinca todo o dia e dás gargalhadas
Adoras o Mar , o Sol e a Lua,
E que tanto adora a noite nua
Menina rebelde que enfrenta o bem e o mal
Que leva a sua vida de forma banal
Menina Mulher que tanto sofreste
Que brinca dizendo que nada passaste
Menina mulher que és tão humilde
Pequena rebelde, Mulher sublime

 

 

Não sei avaliar se esta bem escrito ou não...sei apenas que quem o fez foi tão carinhoso que não pude deixar de o partilhar!!!

 

beijocas rebeldes

publicado por pequenarebelde às 12:38
sinto-me: Sem palavras
música: friends

4 comentários:
Olá Pequena Rebelde o poema está muito lindo.Eu atrevo-me a dizer que o autor deve ser o Neo, sim ou não?Beijinhos.
mimi a 30 de Julho de 2008 às 17:34

olá mimi! Não, não foi o Neo mas ainda bem que gostaste!
uma beijoca rebelde e estás quase quase de férias hã? eu finalmente também! Boas férias!!!

Olá Pequena Rebelde também te desejo umas boas férias.Obrigada.Beijinhos.
mimi a 31 de Julho de 2008 às 09:06

pequenarebelde.
Fizeste um lindo poema de ti. Que importa se está bem escrito se és tu que que te sentes através daquelas palavras belas. E soltas-te, diáfana na fantasia dos sonhos. Saltas como uma criança e corres efusivamente pelos jardins floridos da cidade. És um sonho ou existes? És real ou mentira. E tu gritas-me, dizes que sim, que és real mas saíste magoada dum jogo da vida que jogaste. Um jogo pérfido em que, sem treino, sem preparação, confiaste e perdeste.
E eu digo-te que foi só um jogo. Há tantos ainda para ganhar!...
Gostei do poema.
Beijinhos
NEOABJECCIONISMO a 1 de Agosto de 2008 às 01:32

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO