A vida de uma menina mulher contada de uma outra forma...

26
Jun 08

O cheiro a mar invade os sentidos! Puxo um cigarro e dou por mim  a olhar apenas a imensidão do oceano! Ao longe uma pequena miragem....onda após onda aquele corpo atlético manifesta-se perante o olhar! A praia deserta aumenta-me a criatividade! Hum...suspirei...mil e um pensamento preenchem-me a mente enquanto desvio o olhar!

Levanto-me e dirijo-me em direcção ao mar....preciso afagar aqueles desejos....

Relaxando na água...esqueço por completo o surfista que tanto me chamou a atenção....

Cansada...deito-me e deixo o sol percorrer-me as entranhas..de olhos fechados perco o norte e adormeço por breves minutos!

Um gota de água desperta-me  envolvendo-me naquilo que julgo ser um sonho! A tua voz diz-me que não:

"desculpe mas assim ainda apanha um escaldão!" diz-me aquele Deus grego com olhos de menino.

"Obrigada" respondo enquanto me levanto tão à pressa que acabo por tropeçar e cair...

O teu pequeno sorriso revela-me o quanto estou a ser observada! Meto conversa banal e acabo por saber que afinal és o responsavel daquela praia maravilhosa! dizes-me que não é habito estar ali......o sinal da minha cabeça afirma que sim....sem dar por isso reparo na gota de água que escorre do teu peito e ondula nos perfeitos abdominais....quero-te diz o meu corpo....

Pergunto-te se ficas ali....dizes-me que sim...o Sol começa a pôr-se....O meu olhar perdido faz-me suspirar...

"Desgosto de amor" pergunta....

"Não...."digo apenas....

Nesse instante uma força estranha percorre-me os sentidos que me faz aventurar...proponho-te um banho no mar com a desconhecida...

Levanto-me sem te deixar responder...

Entro na água e arrepio-me de tanta excitação....Senti o teu corpo junto do meu...

Dizes: " Que loucura menina" ao que respondo: loucura é ficar ali somente a olhar para ti...

Envolves-me junto a ti e os teus braços não param mais...as mãos percorrem o meu corpo e sinto o desatar do nó do minusculo biquini...

Encosto-me e sinto a firmeza do teu membro que ainda me faz apertar-te mais....quero-te susurro...

Agarras-me como se fosse uma pluma e levas-me pra beira mar...envolvidos entre agua salgada e areia rolamos na praia como se não houvesse amanhã...entras em mim e provocas-me espasmos de prazer....gemes...sei que também te dou prazer...a intensidade do momento, a excitação rumo ao desconhecido faz-nos amar uma e mais uma e outra vez....

Paramos e ficamos nus ali à beira do mar....perturbas-me os pensamentos quanto dizes:

"menina louca nem sei o teu nome...."

"e para que precisas do meu nome?" brinco eu e sorrio...

Ele endireita-se e levanta-se, veste os calções meio que á pressa e diz:

" nove horas no bar da praia" espero por ti para te conhecer!

" E para saberes o meu nome também? brinco novamente!

"sim, aparece por favor...."diz-me enquanto se afasta.

For fim desaparece no horizonte!

Enquanto isto fico a pensar naquela loucura que acabará de fazer....

Pensei: Soube-me bem....

 

 continua no proximo post....

publicado por pequenarebelde às 18:21
sinto-me:
música: Um pouco do céu

Ouve-se ao longe a melodia que ficou da noite anterior...O calor obsorve por momentos os meus sentidos! O toque do telemovel fez-me regressar à realidade! Sabia que eras tu...não me perguntes porquê mas sabia que eras tu! entristece-me pensar que não estás presente! Algo mudou no meu intimo! A beleza com que te olho apesar de saber os teus defeitos fazem sentir-me uma tonta! Sim, gosto de ti como és....não mudava uma linha, uma frase, um gesto ou um pensamento teu....apesar dos teus defeitos para mim és a perfeição! Apesar disso falta qualquer coisa...sei que falta....tal como quando ligas sem olhar para o telemovel sei que és tu, tal como sei que tocas à porta, tal como sei quando vamos desatinar!

Que posso eu fazer...se te quero ter

Estranha sensação esta de te ter e ao mesmo tempo nada ter! passo noites contigo e no final o adeus não se diz mas lê-se nas entrelinhas!

Coração vadio....coração independente....estranha forma de amar(acho que já ouvi isto em algum lado) a minha e a tua! Dias em que queremos desesperadamente o corpo, a presença um do outro....noutros nada à a dizer! instavéis...muito provavelmente! Mas tal como eu tu também tens um jeito estranho de amar...no fundo sei que também tu tens medo...não sei o que te aconteceu no passado...sinceramente também nem quero saber....mas sei que não amas com medo de sofrer...de querer demais! Lamento se pensas que de mim tens tudo...apesar de parecer de tudo há marés que ainda não navegaste...ventos que não soprastes! Há zonas de perigo que não visitaste!

Quem sabe um dia chegas lá? Quem sabe?!? apesar de tudo não podes desistir...estive perto de o fazer mas gosto de correr riscos!!

 

 

publicado por pequenarebelde às 16:14
sinto-me: fechada pra balanço
música: um pouco de céu - Mafalda Veiga

20
Jun 08

 O cheiro a tabaco invade todos os cantos!

O som da música propaga-se pela rua! O calor chegou e abafa-me as entranhas...dou um bafo no cigarro!  No meu mais ínfimo pensamento distraído...regresso e dou por mim a pensar em ti!

Vontade de te ter ao meu lado...contigo viver todas e qualquer experiencia! Sem limites! Quiçá um dia chegaremos lá!
Combato esta necessidade de querer ter-te junto a mim porque às vezes eu própria te quero longe! Nunca disse que não te amo...mas a nossa necessidade de espaço é sem dúvida igual! Pelo menos eu acho que sim....
Contudo queria começar um projecto....algo ainda com mais significado....tanto para mim como para ti!

Ai....este turbilhão de sentimentos...de queros e não queros!

Estranho! Tu destróis todas as defesas, tu que quebras as minhas regras, tu que entras em lugares nunca antes navegados...falta-te apenas um...e ai rendo-me a teus pés! Falei (demais) um dia ao dizer que não entrava mais ninguém....e realmente mais ninguém entrou durante muito tempo....tempo demais...eu acho...

Fiquei desabituada de amar...refugiei-me na concha que aos poucos tenho vindo a sair!

Medo de sofrer? Quem sabe? Medo de Amar? Talvez!

Mas isto vou sussurrar: amo-te e quero-te ao meu lado......

Lamento mas discordo de:

 

"Nunca amamos ninguém. Amamos, tão-somente, a ideia que fazemos de alguém. É a um conceito nosso - em suma, é a nós mesmos - que amamos. Isso é verdade em toda a escala do amor. No amor sexual buscamos um prazer nosso dado por intermédio de um corpo estranho. No amor diferente do sexual, buscamos um prazer nosso dado por intermédio de uma ideia nossa."


 



Fonte: "Livro do Desassossego"


Autor: Pessoa, Fernando

 

 

 

 

 

publicado por pequenarebelde às 17:46
sinto-me: com fé para tudo
música: Jorge Palma - Encosta-te a mim

13
Jun 08

Anjo amigo anjo meu...Será que és tu que à noite  velas o meu sono!

Anjo que perdura nesta inconformidade de sentidos...de sentimentos.

Anjo solto que divagas sem nada sentir, que proteges,  que afagas, que compreende e nada pede em troca!

Tal como tu confortas os que sobrevivem, e consolas os que perdem alguém, os que choram porque perderam....os que choram porque não agiram, também eu gostava de dar e não esperar nada em troca!

Anjo querido...diz-me tu que procuras neste mundo maravilhoso cheio de falsas crenças e de falsas ilusões!

O Amor?

Palavra tão bela e tão distante! Quem dera eu saber usa-la tal como tu acaricias o rosto de um bebé! Quem me dera saber viver neste mundo de tão controversos sentidos! Quiçá um dia irei ter a sabedoria necessária para poder usa-los e no ouvido de alguém sussurrar: Amo-te!
Perdoa-me anjo meu que estou prestes a desistir....desistir de usar a palavra, fechar o coração...preciso de alguém que me dê a mão e que me retire desta longa solidão....
Perdoa-me anjo meu por ter o meu coração por estares tão sombrio que não te ouço falar ao coração....perdoa-me....

 

publicado por pequenarebelde às 17:46
sinto-me: sem esperança
música: Angels
tags:

12
Jun 08

Toda a gente tem problemas....de uma forma ou de outra...uns mais outros menos...

A mim o que me irrita é as atitudes das pessoas... de terem problemas queixam-se e não os resolvem..nunca tive uma vida fácil....

Como já referi sai de casa com 15 anos....e por algum motivo foi...mas isso não me deixou rancorosa....

Na altura a vida financeira era um caos e o único que trabalhava para alimentar uma esposa doente e três filhos (apesar de serem cinco, as minhas duas irmãs mais velhas já tinham casado.) era o meu pai.

Mas não foi esse o motivo que me levou a sair de casa....a relação com a minha mãe sim...cansei de brigas, enredos, discussões e no final algo  que me doi fisicamente mas mais na alma....os tabefes, as estaladas...as sovas...

sempre fui maria-rapaz, sempre tive um feitio algo dificil, apesar de muito descontraida tenho uma veia que quando vêm ao de cima fico com um humor insopurtavel, sou rebelde, radical e muito brincalhona....nunca fui uma filha fácil compreendo bem isso mas também nunca tive uma mãe fácil....felizmente sai de casa...completamente revoltada....indiferente aos laços familiares....

 

A situação familiar do meu pai melhorou a olhos vistos, graças ao trabalho dele, a minha revolta passou...sou totalmente independente....graças ao meu trabalho.....a minha mãe evoluiu e hoje com a minha mana mais  nova é a melhor mãe do mundo.....perguntam vocês: ficas triste? nada disso...agradeço a Deus todos os dias a infância que a minha irmã tem que eu nunca tive, e hoje com 18 anos a minha irmã vê a minha mãe como a melhor amiga...a quem tudo conta...

Fico feliz...como já referi a vida solitária que tive, a união fracassada que tive poderia ter-me tornando uma pessoa amarga! Felizmente não....a minha ingenuidade e a fé deixa-me acreditar que tudo pode melhor, se não é hoje...quem sabe é amanhã!

 A unica coisa em que desacreditei foi no amor...mas houve alguém que me levou a crer que é possivel ser feliz (vêem  sou uma sortuda :D)

 

Por isso digo sempre, tenham fé....

Apesar de optimista também eu tenho dias em que este vazio me atormenta....em que a vontade de desistir supera a vontade de lutar....mas a palavra desistir não entra no meu dicionário...costumo dizer que vergo mas não quebro....

Sou uma descrente de outras coisas não da vida,mas de certas atitudes de algumas pessoas.... que ambicionam, brigam, lutam sempre envolvendo atitudes mesquinhas de dinheiro e poder!

 

Eu preciso de outras coisas....amor, carinho, aventura, loucura e rebeldias....

Porque solidão e amargura já aqui a rebelde teve demais...mas não sou vitima...sou uma sobrevivente que um dia mais tarde ainda vai continuar a olhar pra trás e a recordar o passado com orgulho....Orgulho sim de ser a pessoa que sou hoje, orgulho de sobreviver e nunca deixar de lutar!

 

 

beijocas rebeldes

 

publicado por pequenarebelde às 18:28
sinto-me: nostálgica
música: DJ Dodge....

06
Jun 08

Perfume que me percorre as entranhas....sinto-me como se estivesses ao pé de mim...

Relembro a noite que passamos juntos...em que cada milimetro de pele é explorado...sem pudores nem preconceitos...não existem defeitos....

Tiras-me da minha rotina e roubas-me a perfeição....a independência...a solidão...

Eu quero-te e digo-te e tu queres-me e também o dizes...não existem palavras apenas olhares....

O olhar que diz tudo e revela algo mais...amamo-nos sem rodeios ou falsas ilusões...o que interessa é o momento...o conhecimento... que se vai adquirindo neste jogo de emoções!

 

Renego o compromisso...que mais parece um oficio de maldizer...prefiro assim....

 

Quero-te....ouve-se o eco desse querer que desaparece mal o dia clareia...tu sais eu saio e apenas fica o teu perfume nas entranhas que me fazem gemer de prazer....

 

ah ilusão....que de ilusão não é nada...apenas o querer...sem o dizer....

 

Um bom Fim de Semana e sejam rebeldes!

publicado por pequenarebelde às 19:03
sinto-me: inspirada

 

Inaugura hoje em Évora, nesta nossa bela cidade:

 

José M. Rodrigues: Antologia Experimental

Palácio da Inquisição

de 6 de Agosto a 31 de Agosto

 

 

Este projecto expositivo, de caractér antólogico, é estruturado em torno da série recente Solo a Solo(2005-06), e explora cruzamentos múltiplos entre fotografias das últimas duas décadas e o trabalho perfomativo e experimentalista realizado sobretudo na década de 1980, período em que José M. Rodrigues, então a residir na Holanda, manteve estreitas ligações com os movimentos artisticos de vanguarda do centro da Europa.

 

(...)

 

A exposição é de uma produção própria da Fundação Eugénio de Almeida com a Colaboração do artista, que procura tirar partido da excepcional localização do Palacio da Inquisição, um edificio do Séc. XVII situado no principal núcleo monumental do centro histórico da cidade de Évora, fronteiro ao Templo Romano e virado à Catedral.

 

Entrada: 1€

 

in: programação Fundação Eugénio de Almeida Mai.Ago'08

 

Decorre também até Outubro , no fórum Eugénio de Almeida a Exposição: O Fabuloso Mundo de Léger.

 

 

Venham descorir esta cidade maravilhosa!

 

Beijocas rebeldes

publicado por pequenarebelde às 11:45
sinto-me:
música: Enigma - MEA CULPA

 

Olá...

 

Decidi criar este cantinho porque também eu gosto de partilhar!

 

Tenho passado por grandes blogs que tanto têm a ensinar....porque apesar de se abrir o coração....não se mostra o rosto..talvez seja essa a explicação.

 

Eu pessoalmente não tenho problemas em abrir o coração e mostrar o rosto..

 

De hoje em diante vou partilhar textos e manias convosco que tenho no dia-a-dia!

 

Mas primeiro falo-vos um pouco de mim!

 

Sou uma miuda de 25 anos que muito tem para aprender mas que já conhece bem um pouco desta vida.

 

Sai de casa com 15 anos e moro à algum tempo sozinha! Sou uma miuda de paixões que sempre batalhou pelo lugar ao Sol....ainda lá não cheguei mas prometi a mim mesma não desistir!

 

As minhas paixões:

motos;

velocidade;

música;

a lua;

o mar;

o verão;

a sinceridade;

o bom humor;

conhecer pessoas;

escrever;

os amigos;

a familia;

os meus sobrinhos;

trabalhar, sim sou uma viciada em trabalho...tenho dois;

o amor, sim este sentimento que tanto nos alimenta a alma;

a vida....porque apesar de não ser fácil para mim a cada minuto me surpreende!

e tantos outros....e claro não necessáriamente nesta ordem loool

 

Dificuldades neste percurso de vida:

nós próprios, as vezes somos os nossos piores inimigos porque dificultamos a vida e criamos fantasma;

sem dúvida uma grande conselheira mas também uma inimiga: A solidão;

A minha ingénuidade: porque apesar de tudo ainda acredito na vida e nas pessoas....

 

 

Espero que gostem.

 

 beijocas rebeldes desta louca saudavel.....

publicado por pequenarebelde às 10:44
sinto-me:
música: Enigma - Return to innocence

04
Jun 08

Este dia vai ficar marcado.

 

O primeiro post de muitos que vou partilhar!

 

Espero que gostem....

volto amanhã à séria.

 

beijinhos rebeldes

publicado por pequenarebelde às 19:02
sinto-me:
tags:

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
27
28

29
30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO